TJSP abre exposição que conta a história do TRE paulista

trib 1e2aeO Tribunal de Justiça de São Paulo abriu, nesta quarta-feira (15), a exposição Palácio da Justiça: Berço do TRE paulista, que prossegue até o dia 31 de julho e conta a história do Tribunal Regional Eleitoral desde o seu surgimento.

Na mostra, o visitante terá a oportunidade de conhecer diversos objetos relacionados à evolução do sistema eleitoral paulista e brasileiro como urnas e títulos eleitorais, além de ter acesso a informações referentes a personagens que ajudaram a construir a história da justiça eleitoral ao longo dos anos.

A solenidade teve início com o discurso do desembargador Alexandre Moreira Germano, coordenador do Museu do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. “É uma honra e satisfação promover essa exposição no Palácio da Justiça. Daqui saem os funcionários, juízes e desembargadores do TRE paulista. Agradecemos aos presidentes José Roberto Bedran e Walter de Almeida Guilherme pela oportunidade”, concluiu.

O desembargador Alceu Penteado Navarro, vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo, contou um pouco da história que une os dois tribunais, ao lembrar que “foi aqui, no Palácio da Justiça, que o TRE nasceu, em 25 de maio de 1932, sob a presidência de Afonso José de Carvalho”. Ele falou, ainda, da importância do dia 15 de junho – data da instalação do TRE, no ano de 1932 – ter sido escolhida para a abertura da exposição. “Hoje é um dia consagrado a comemorarmos os laços fraternais que unem o Tribunal de Justiça de São Paulo e o Tribunal Regional Eleitoral, e essa aproximação vai muito além da lei. Por tudo isso, é que se deve registrar o esforço conjunto do Museu do TJSP e do TRE para a realização dessa exposição.”

À solenidade estiveram presentes o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Roberto Bedran; o vice-presidente, desembargador José Santana; o diretor da Escola Paulista da Magistratura (EPM), desembargador Armando Sérgio Prado de Toledo; a presidente do Conselho Consultivo, Orientador e Fiscal da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), desembargadora Zélia Maria Antunes Alves; os ex-presidentes do TRE paulista, desembargadores Alvaro Lazzarini e Paulo Henrique Barbosa Pereira; o subprocurador-geral de Justiça, Sérgio Turra Sobrane; o defensor público coordenador do Núcleo de Segunda Instância e Tribunais Superiores, Pedro Giberti; o conselheiro e presidente da Comissão de Assuntos Corporativos da Ordem dos Advogados do Brasil - - Secção São Paulo (OAB-SP), João Baptista de Oliveira; o secretário dos Negócios Jurídicos do Município, Cláudio Lembo; o presidente do Conselho Diretor do Centro de Integração Empresa Escola (Ciee) Nacional, do Conselho de Administração do Ciee/SP e da Academia Paulista de Letras Jurídicas, Ruy Martins Altenfelder Silva; o presidente eleito do MMDC, coronel Mário Fonseca Ventura; o secretário de Relações Institucionais do TJSP, poeta Paulo Bomfim e o presidente da Associação Comercial de São Paulo, Rogério Amato.

Assessoria de Imprensa TJSP – AM (texto) / AC (fotos)
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.