NO BAIRRO DOS DESENCONTROS

Música: Eduardo Santhana

No bairro dos desencontros
Encontrei você um dia;
Dois estranhos se tocaram
Em rituais de rebeldia.

Éramos jovens e o tempo
Se prendia em nossos dedos,
Foram noites de procura,
Madrugadas de segredos.

Éramos dois no infinito,
Ponte unindo solidões,
Foi com cordas de neblina
A seresta dos violões.

Alvorada de pardais
Na pauta negra dos fios,
E a cidade amanhecendo
Em nossos passos vadios.