CANÇÃO DA CHUVA

Música: Eduardo Santhana

Cantar um canto de chuva,
Água tecida em novelos,
Tranças descendo de nuvens,
Folhas verdes nos cabelos.
Cheiro de terra molhada
Invadindo solidões,
Brotam trovares no campo
E no telhado a canção.
Canto cântaro de chuva
Céu e terra costurados,
Um anjo tocando banjo
Sobre os teus passos molhados.
Cantar um canto de chuva
A transbordar nos açudes:
Nos jardins, rosas selvagens,
Vão inventando alaúdes.