Deixe aqui seu comentário para o Poeta Paulo Bomfim:

Não existem palavras que possam descrever a emoção de estar com meus alunos da Faculdade Aberta da 3ª Idade de São Bernardo do Campo/SP, em uma visita no Palácio da Justiça e sermos surpreendidos pelo poeta maior Paulo Bomfim com a declamação de uma de suas poesias.

O carisma, a erudição, a gentileza e a inspiração para viver de forma ativa, deixando transbordar as emoções, confirmam que de fato ele é o Príncipe dos Poetas.

Obrigada+obrigada+obrigada!!!

Prof.ª Débora Paleo Mourão - Direito e Cidadania F.A.T.I/SBCampo
 
Data da postagem: 11 Maio 2011
Postado por: Débora P. Mourão
Encanto, identidade e transposição.

Visitarei frequentemente este site. Parabéns, inspirações e obras poéticas.

Grande Abraço.
 
Data da postagem: 10 Abril 2011
Postado por: Anselmo Butti
Querido Paulo Bonfim,

É com muito prazer que venho aqui no seu livro tentar homenageá-lo pelo seu dia!!

"A alma de um poeta é livre de preconceitos,

Tanto quanto é repleta de zêlos,

Nem o tempo e a idade os fazem perder estes deleitos,

Pois não é qualquer um, que nasce podendo tê-los."

Espero que este pequeno poema que inventei possa demosntrar toda a felicidade que senti ao ouvir o seu poema sobre tatuagem!

Beijos tatuados

Dani tattoo - Mãos de fada
 
Data da postagem: 14 Março 2011
Postado por: Dani tattoo mãos de fada
www.danitattoo.com.br
ESTADÃO por JOSÉ DE SOUZA MARTINS

Paulo Bomfim é poeta e é profeta.

Além de tudo, ou principalmente, é ser humano maravilhoso. Generoso, solidário, ingênuo, puro e bom. É incrível a conjugação de tantos atributos numa só pessoa.

No dia em que ele foi gerado, nosso Pai deveria estar de excelente humor e renovou sua esperança na validade de sua obra.

Uma pena que a receita se perdeu e que não tenham surgido outros exemplares.

Mas só o fato de ser contemporâneo e privar da amizade de Paulo Bomfim justifica muitas outras existências.
 
Data da postagem: 03 Fevereiro 2011
Postado por: J.Renato Nalini
Querido poeta, desejo que seu dia tenha sido de muitos mimos, grandes demonstrações do quanto você é importante para tantos brasileiros com sua poesia que transforma o mundo num lugar mais suportável.

Quem tem o prazer do seu convívio sabe como você é especial!

Grande abraço de carinho.



Di Bonetti
 
Data da postagem: 10 Janeiro 2011
Postado por: Di Bonetti
Narrativa maravilhosa da Itanhaém dos anos 30. Texto delicioso.
 
Data da postagem: 10 Janeiro 2011
Postado por: André Caldas
AÇORIANOS EM SÃO PAULO

Muito boa matéria. Bem explanada numa demonstração de quem conhece o assunto.

Por pouco eu cometeria um erro, i é, pensar que o governador fosse Pedro Álvares Cabral.

Você mencionou os pais da Suzana, mas e os pais dele, quem são?

Busco os ancestrais do Alferes Fco. Tavares ( fundador de Paty do Aferes - RJ ) e dos Pedroso. Pode me informar?

Por certo as informações pedidas irão me ajudar muito na formação da minha árvore genealógica, coisa que no momento estou tentando realizar, e cá pra nós, com muita determinação.

Descendo dos Correa Tavares e dos da Fonseca Almeida. Meu tetra avo é Ayres da fonseca Almeida e sua mulher Ana da Conceição Pinto Barros, em Cambres, Portugal. Eram donos de viticultura.

Obrigado e um feliz 2011, do agora amigo - Marcio da Fonseca Almeida.
 
Data da postagem: 10 Janeiro 2011
Postado por: Márcio da Fonseca
Sou o filho mais velho do Ernesto.

Algumas vezes acompanhei-o no reisado, que incluia sua casa em Cibratel.

Sua crônica me deixa saudoso, apesar de só ter 54 anos e triste por presenciar o "progresso" a enfeiar a bucólica Itanhaem de suas crônicas e poesias.

Lembro-me bem de voce e sua esposa Emy em visitas que fazia com meu pai a sua casa.

Moro longe, em Franca/SP, mas estou de retorno para a região.

Foi uma delícia ler esse texto.

Abraço ao poeta e amigo de meu (em memória) pai.
 
Data da postagem: 10 Janeiro 2011
Postado por: Marcelo Zwarg
Recordo-me de Dª Lenira, apesar de suas feições já terem fugido de minha memória, pois já se vão aproximadamente 70 anos quando, vindo de Itapetininga e indo morar na rua Amaral Gurgel, começei a frequentar a Biblioteca Infantil alí na rua Major Sertorio, da qual a sua fundadora, Dª Lenira comandava... que saudades das "sessões" de cinema às 4ªs.feiras... dos livros que tentávamos lêr, pois eram naqueles que, começamos a "dificil" missão de "juntarmos as letrinhas" para darmos sentido às historias de Monteiro Lobato...

SAUDADES DE NOSSA INFÂNCIA !!!!
 
Data da postagem: 10 Janeiro 2011
Postado por: Flavio Rocha
Meu primeiro contato com obras de Paulo Bomfim fora no colégio municipal do meu bairro.

Quando li 50 anos de poesia confesso que muito não compreendi, pois era jovem demais.

Hoje aos 21 anos me dou ao luxo e com todo prazer releio o livro e todas as obras mais belas do Paulo;

Acredito imensamente na capacidade de criação e da ligação com a natureza que Paulo possui.

Parabéns ao criador do site e parabens ao nosso Principe Bomfim;



Comente no tópico que criei na comunidade do Orkut: Poeta Paulo Bomfim [http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=26754565]
 
Data da postagem: 28 Novembro 2010
Postado por: Victório
Conheço parte da obra do Poeta, admiro sua forma de expressão, mas confesso que ouvir as poesias faladas pelo próprio autor é muito melhor. Ainda não elegi a que mais gosto, vou ouvir todas antes.

Parabéns pelo site Príncipe Poeta. Parabéns!
 
Data da postagem: 03 Outubro 2010
Postado por: José Ricardo Masqueren

<< Início Anterior 1 2 3 Próximo Último >>

Página 3 de 3


Submit A Testimonial
* Campo de preenchimento obrigatório.
Seu nome:*
E-mail:*
Sobre você:
Sua localização:
Seu site:
Sua foto:
A imagem não deve ser maior do que 500x500 px e 250 kb
Antispam:
Envie-nos o seu comentário abaixo:*