Deixe aqui seu comentário para o Poeta Paulo Bomfim:

Prezado poeta Paulo Bonfim:
Ouvi uma leitura na rádio. Que beleza! Que beleza! Tratava-se de um texto em que você falava que "o domingo está para a semana, assim como o amor está para a vida".
Agora, procuro pelo texto para poder trabalhá-lo com meus alunos, mas não o encontro.
Como posso ter acesso ao texto lido?
Abraço forte do
Marinho
 
Data da postagem: 18 Junho 2016
Postado por: José Marinho do Nascimento
Professor universitário
Caro Dr. Paulo,
Saudações paulistanas.
Onde posso adquirir seus livros, já que não os estou encontrando na livrarias.
Antecipadamente,
Fernando Geribello
 
Data da postagem: 25 Janeiro 2016
Postado por: Fernando Geribello
advogado; neto do Des. Presidente TJSP Manoel Gomes de Oliveia e sobrinho de seu amigo de infância, Cassio Silva Pinto Gomes de Oliveira
Sr Paulo, escutando Passeios da Memoria - Bertioga o senhor menciona o nome de meu pai - Roberto Taliberti. Eu e minha família ficamos emocionados em ouvi-lo. Abraço
 
Data da postagem: 08 Outubro 2015
Postado por: Luis Francisco Taliberti
Filho de um amigo
Prezado poeta Paulo Bomfim,

é uma grande satisfação ouví-lo semanalmente e passear junto, nas suas crônicas.

Há pessoas que preferimos ouvir, ainda que exímios escritores; foi assim com Suassuna; é assim com Ferreira Gular; especialmente com Bomfim!

Muito obrigado!
 
Data da postagem: 21 Maio 2015
Postado por: Pedro Sérgio Sassioto
casado com a Nilcéia, pai de 1 filha e de 3 filhos. Nascido em Bebedouro-SP 1947, moro em São Paulo desde 1968. Engenheiro civil, agora atuante na área de perícia e consultoria.
Saudações V. A..

Suas obras também ecoam aqui no norte.
A ótima poesia ´´Advertência`` deveria suprir a fome daqueles que canibalizam nossa sociedade.
Um fraternal abraço manauense
 
Data da postagem: 11 Dezembro 2014
Postado por: Levy Jr.
Manaus
Fiquei muito interresada em saber e conhecer mais sobre suas obras, pois gostei muito de uma reportagem que assisti no programa da Band Salomão: o poema que leu no final do programa foi simplesmente maravilhoso.
Um grande Abraço.
 
Data da postagem: 09 Dezembro 2014
Postado por: Alcione Seghetto
São Miguel Do Oeste -SC
Não Tenho No momento
Vi a entrevista que concedeu o poeta Paulo Bomfim ao programa Salomão Schvartzman e fiquei impressionado com a densidade e simplicidade de Paulo Bomfim. Eu, apaixonado por Filosofia, mas longe de orbitar o mundo poético, acabei atraído pelos poemas que recitou Paulo durante o programa e fiquei, claro, mais que disposto a obter obras desse poeta maravilhoso e imergir nesse mundo do qual eu nunca deveria ter ficado longe. Obrigado, Paulo Bomfim, por me despertar para a necessária e prazerosa caminhado rumo a sua poesia.
 
Data da postagem: 07 Dezembro 2014
Postado por: GILZAN LESSA DE SOUSA
Ipatinga
Década de 50, cidade de 2000 habitantes, interior do estado, aprendi, aos 11 anos, a gostar de poesia e brincar de poetiza (era aceita esta forma) lendo sua coluna Luz e Sombra no Diário de S. Paulo - preciosidade que meu pai assinava.

Continuo aqui na mesma cidadezinha do interior, agora fruindo de todas elas através da edição dos 50 ANOS DE POESIA, dedicada à sua Emy.

Duas delas tocam-me sempre, especialmente: Soneto da árvore sobre o rio (Poemas Esparsos) e Soneto I (Transfiguração).

Em viagem ao litoral, fiz questão de conhecer a Biblioteca Municipal que leva seu nome.

Tenho xerox de jornal do ano que esteve em Araçatuba, cidade sede de nossa região. Nesta cidade, participei por dois anos, do Grupo Experimental da Academia Araçatubense de Letras e, em um de seus saraus, falei sobre você e seus poemas.

Agora, através das novas tecnologias, tenho a alegria de expressar esta admiração tão antiga.



Abraço carinhoso ao nosso Príncipe dos Poetas Brasileiros

Erondina
 
Data da postagem: 14 Outubro 2014
Postado por: Erondina Godinho de Moura Tirintan
Avanhandava
nihil
Olá Príncipe dos Poetas, devo pouco escrever para pouco errar!!
As lembranças da minha infância,ao velo na TV àquela época trazem para a atualidade o renovado prazer em ouvi-lo neste sítio da internet...
Saudações ao poeta de São Paulo.
Obrigado por existir e abrilhantar-nos com seus versos.
Um grande e fraterno Abraço.
Paulo R.Lima e Silva.
 
Data da postagem: 29 Setembro 2014
Postado por: Paulo Roberto Lima e Silva
São Paulo
Paulo, admiro seu talento e te parabenizo por tornar nossas vidas mais alegres com sua poesia.
 
Data da postagem: 13 Julho 2014
Postado por: Dep. Vanessa Damo
Mauá
www.vanessadamo.com.br
Que música maravilhosa acabo de ouvir! Gostaria de saber mais sobre músicas cujas letras sejam do Poeta.... Estou emocionada!Como Coordenadora do Museu do Tribunal de Justiça, tenho a felicidade de conhecer e conviver com a pessoa... poeta... membro do Tribunal de Justiça...mas o compositor musical... este, acabo de conhecer! Foi com imenso prazer!
 
Data da postagem: 13 Junho 2014
Postado por: Maria Cristina Maia de Castro
São Paulo
Sr. Paulo,
Conheci alguns de seus poemas através do meu sogro que admira sua obra.
Gostaria de saber se há algum evento envolvendo o seu trabalho.
Tenho o sonho de levá-lo para conhecer o Senhor.
Parabéns por encantar tantas pessoas com tanta beleza e sensibilidade.
Abraços,
Ana Maria.
 
Data da postagem: 11 Maio 2014
Postado por: Ana Maria Sanches Farias Filha
Araçatuba / SP
Foi um presente esta foto com o Sr e com o desembargador Raphael Salvador. Muito Obrigada.
 
Data da postagem: 06 Maio 2014
Postado por: Jane Splicido
Assis SP
Prezado Poeta Paulo Bonfim, orgulho da poesia paulista,

Quando muito jovem, lí com com avidez seus poemas. Mais tarde, homem feito, tive a honra de recebê-lo em minha sala, em um dos escritórios da CESP na cidade de Ilha Solteira. O senhor, homem de tantas circunstâncias e experiências, por certo não se lembrará desse encontro breve, para mim uma celebração. Minhas homenagens à sua venerável pessoa.
 
Data da postagem: 02 Maio 2014
Postado por: Helio Silva
São Paulo
Caro Poeta Paulo Bomfim, sou teu admirador. Estou acabando de ler Insólita Metrópole que é simplesmente emocionante. Parabéns pelo seu trabalho e que Deus o mantenha entre nós por muitos e muitos anos, brindando-nos com sua belíssima e encantadora literatura.





Rolf Cardoso dos Santos - Advogado

 
Data da postagem: 24 Abril 2014
Postado por: Rolf Cardoso dos Santos
São Paulo
PAULO BOMFIM
São Paulo 27 de fevereiro de 2014
Tempos atrás visitando um museu no Ibirapuera me deparei numa das paredes com seu poema “Insólita Metrópole”. Fascinou-me. Trouxe-o para casa num impresso. E dele fazia tomar conhecimento todas as pessoas sensíveis com que convivi. Agora, ao ver num capítulo de novela, uma das personagens presentear com seu livro “Insólita Metrópole” outro personagem escritor, prontamente encomendei o meu exemplar pela INTERNET. Paulo, tomo a liberdade de chama-lo com intimidade, por considera-lo meu contemporâneo. Tenho 4 anos mais que você, porêm os mesmos valores e a sutileza de nossas vidas me aproximaram de você. Sou bastante feminina e como tal aprecio muito as joias. “Então, meu “príncipe dos poetas” a joia mais preciosa, para mim é o seu livro “Insólita Metrópole”. Já o li por várias vezes. E em todas elas encontro mais encantamento. Tenho ciúmes dele. Só consigo empresta-lo às pessoas amigas e familiares que sei possuírem muita sensibilidade. Agradeço a Maria Luiza Martins esta oportunidade que me deu, com seu estilo clássico, correto e tão a altura do poeta, de ter esta obra impar. Alongaria-me muito em demonstrar o meu encantamento. Somente sintetizarei minha admiração e respeito, na singeleza desta frase Eu estou Muito grata a vocês dois pelos lindos momentos de enlevo e total euforia emocional que me proporcionaram.


Maria Eliza Torres Ferraz Bueno.


Para qualquer contato, este e-mail que encaminho estas palavras é de minha neta muito querida Karina.
 
Data da postagem: 15 Abril 2014
Postado por: Maria Eliza Torres Ferraz Bueno
São Paulo
Querido poeta Paulo Bonfim,estou lendo seu "Insólita Metrópole".Muito obrigada por compartilhar tantas lembranças pessoais e familiares,sempre relacionadas a nossa gente e nossa querida cidade.Quero externar minha admiração por sua vida e seu trabalho.Gosto muito!Espero conhece-lo no Museu do Tribunal,qualquer dia desses.Abraços.
 
Data da postagem: 29 Março 2014
Postado por: Márcia Zanusso
São Bernardo do Campo
PAULO BONFIM
São Paulo 27 de fevereiro de 2014
Tempos atrás visitando um museu no Ibirapuera me deparei numa das paredes com seu poema “Insólita Metrópole”. Fascinou-me. Trouxe-o para casa num impresso. E dele fazia tomar conhecimento todas as pessoas sensíveis com que convivi. Agora, ao ver num capítulo de novela, uma das personagens presentear com seu livro “Insólita Metrópole” outro personagem escritor, prontamente encomendei o meu exemplar pela INTERNET. Paulo, tomo a liberdade de chama-lo com intimidade, por considera-lo meu contemporâneo. Tenho 4 anos mais que você, porém os mesmos valores e a sutileza de nossas vidas me aproximaram de você. Sou bastante feminina e como tal aprecio muito as joias. Então, meu “príncipe dos poetas”, a joia mais preciosa, para mim é o seu livro “Insólita Metrópole”. Já o li por várias vezes. E em todas elas encontro mais encantamento. Tenho ciúmes dele. Só consigo empresta-lo às pessoas amigas e familiares que sei possuírem muita sensibilidade. Agradeço a Maria Luiza Martins esta oportunidade que me deu, com seu estilo clássico, correto e tão a altura do poeta, de ter esta obra impar. Alongaria-me muito em demonstrar o meu encantamento. Somente sintetizarei minha admiração e respeito, na singeleza desta frase Eu estou Muito grata a vocês dois pelos lindos momentos de enlevo e total euforia emocional que me proporcionaram.
Maria Eliza Torres Ferraz Bueno.
Para qualquer contato, este e-mail que encaminho estas palavras é de minha neta muito querida Karina.
 
Data da postagem: 28 Fevereiro 2014
Postado por: Maria Eliza Torres Ferraz Bueno
São Paulo
O poeta Paulo Bomfim conhecí aos 18 anos de idade quando fui apresentado a ele por Ubiratan Gonçalves, já falecido, cognominado " MENINÃO ", humorista da extinta TV TUPY- canal 3, onde na porta do Edifício dos Diários e Emissoras Associados de Assis Chantebriand, localizado na Rua 7 de Abril, no centro da cidade de São Paulo, quando eu disse que o admirava por sua verve poética.
Naquele tempo eu iniciava meus primeiros passos na poesia repleta de lirismo, cujo maior nome em evidência era o de Lindolf Bell, hoje conhecido em Santa Catarina como seu grande valor da poesia e conhecido como Principe dos Poetas Catarinenses.
Assim, o grande nome daquela época era o Principe dos Poetas Brasileiros e esse era o Paulo Bomfim, e imaginem o prazer de um jovem poeta iniciante ser apresentado a esse grande poeta da poesia e literatura brasileira que imensa satisfação e inspiração dá, como impulso e vontade de ser igual, o que nunca se deu, pois se escreví alguns poemas bons, não foram ainda publicados, tarefa que vai ficar para meu único filho, Denis Igor Zarakauskas, jovem de 13 anos que aprecia a literatura e que espero que seja muito melhor que o pai, hoje jornalista e feliz por isso.
 
Data da postagem: 02 Fevereiro 2014
Postado por: Fernando Zarakauskas
São Paulo
www.sospeace.org.br
Prezado Paulo Bomfim

Lembrei-me de sua belíssima crônica MINHA INSÓLITA METRÓPOLE, que li quando foi publicada pela primeira vez no Jornal da Tarde, num longínquo 25 de janeiro.
Enviei-a aos meus amigos em comemoração aos 460 anos de São Paulo.
Obrigado por propiciar-me esta alegria.

Luiz Leitão
 
Data da postagem: 24 Janeiro 2014
Postado por: Luiz Leitão
São Paulo

<< Início Anterior 1 2 3 Próximo Último >>

Página 1 de 3


Submit A Testimonial
* Campo de preenchimento obrigatório.
Seu nome:*
E-mail:*
Sobre você:
Sua localização:
Seu site:
Sua foto:
A imagem não deve ser maior do que 500x500 px e 250 kb
Antispam:
Envie-nos o seu comentário abaixo:*